A pandemia de Covid-19 demonstra a incapacidade do capitalismo de priorizar a vida em detrimento do lucro. O cenário é de aumento do desemprego e caos na saúde pública. Mas, a resposta de governos, pressionados pelos setores econômicos, é de corte de direitos trabalhistas, investimentos insuficientes no serviço público para atender a população, com subsídios irrisórios para dar conta da crise pandêmica que se agrava. 

Neste momento de confinamento social, não vamos tomar as ruas em protesto no 1° de Maio, mas devemos nos manter juntos na defesa dos direitos sociais e trabalhistas, da democracia e da justiça social.

 

Comments fornecido por CComment