Desde o início da pandemia, o Sindprevs/SC tem acompanhado as medidas governamentais e propondo soluções para enfrentar a crise sanitária que afeta o país. Na última reunião com dirigentes da Fenasps, o presidente do INSS falou sobre a reabertura das agências ao público, em 22 de junho, acelerando a contratação temporária, a compra e instalação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e outros procedimentos.

Neste sentido, o Sindprevs/SC questionou Superintendência Regional Sul do INSS quanto as medidas que órgão tem tomado para se preparar para uma uma possível reabertura e de que forma pretendem se adequar a série de restrições recomendadas por organizações de saúde.

A Direção do Sindprevs/SC não acredita na possibilidade de normalização, em curto prazo, da situação de pandemia e se coloca contrária ao retorno dos servidores, sob o risco que a falta de isolamento social representa. Também defende que nenhuma contratação temporária deva ser realizada, considerando que órgão tem déficit de servidores e precisa ampliar seu quadro através de concurso público.

Leia o documento na íntegra

Comments fornecido por CComment