Os representantes dos sindicatos estaduais filiados à Fenasps avaliaram a grave crise enfrentada na conjuntura, os ataques que os(as) trabalhadores(as) estão sofrendo com a decisão temerária do INSS em impor o retorno ao trabalho presencial, bem como enfrentando as medidas e ações para desmontar os serviços públicos com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 32/2020 (contrarreforma Administrativa).

Analisando o quadro da mobilização por todo o país, os representantes aprovaram as seguintes resoluções para orientar os trabalhadores que aderiram à greve Sanitária:

Propostas

  1. Que a FENASPS oriente os sindicatos filiados acerca do material gráfico sobre a contrarreforma Administrativa, se será usado o material nacional produzido pelo FONASEFE, ou se os sindicatos também devem produzir seus próprios materiais em conjunto com os Fóruns Estaduais;
  2. Orientar os sindicatos de servidores públicos federais a se mobilizarem nas lutas contra as contrarreformas nas Previdências estaduais e participarem dos atos unificados no dia 30 de setembro;
  3. Que a FENASPS produza denúncia, subsidiada pelos estados, sobre os cargos de Gestão que estão aproveitando a pandemia para fazer BMOB, encaminhando para a Direção Central e MPF;
  4. Orientar os Estados para fazer avaliação do quadro da greve para definir sobre a continuidade ou suspensão da mesma;
  5. Orientar a construção de mobilização dos(as) servidores(as) contra os ataques da contrarreforma Administrativa, ataques e produtividade, com atos e atividades unificadas dos Servidores Federais, Estaduais, Municipais e Estatais;
  6. Encaminhar proposta para direção convocar Plenária Nacional da FENASPS, até 04/10, tendo dentre as pautas a Greve sanitária e a imposição de produtividade no Serviço Público;
  7. Encaminhar para que a Direção da Fenasps elabore um texto de orientação, com elementos da conjuntura, para a categoria, dentre eles a defesa da vida no contexto de crise sanitária no país, a imposição da produtividade e a extinção da jornada de trabalho para o serviço público, já em andamento no INSS, e a contrarreforma Administrativa.

Baixe aqui este relatório em formato pdf.

Fonte: Fenasps

Comments fornecido por CComment