Cino parte das atividades da semana da Consciência Negra, definidas pelas centrais sindicais e pelo Fonasefe, centenas de servidores(as) públicos(as) federais realizaram um ato na manhã da quarta-feira, 17, saindo em marcha do Espaço do Servidor, na Esplanada dos Ministérios, até a Praça dos Três Poderes.

Em frente ao Palácio do Planalto os militantes realizaram uma performance teatral usando tinta vermelha para representar o derramamento de sangue do povo negro diante dos ataques racistas do presidente Bolsonaro.

Nas falas, o tom foi de responsabilização ao governo Bolsonaro pelo recrudescimento da desigualdade e situação de miserabilidade que atinge principalmente as pessoas de raça negra no País.

Se antes da disseminação do vírus da Covid-19 o Brasil já se encontrava em uma situação econômica temerária, o cenário de pandemia levou 14 milhões de brasileiros e brasileiras à insegurança alimentar com o aumento do desemprego e da fome.

Encenação lembra genocídio do povo negro

No ato desta quarta, 17, os trabalhadores(as) usaram máscaras que faziam referência a lideranças da resistência do povo negro como Zumbi e Dandara dos Palmares, Acotirene e Marielle Franco, e entoaram palavras de ordem contra as manifestações racistas de Jair Bolsonaro.

A temática foi usada para fortalecer a campanha #ForaBolsonaroRacista, cujos atos ocorrerão nacionalmente no próximo 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra.

Ao final da marcha o chão em frente ao Palácio do Planalto foi coberto com tinta na cor vermelha representando o genocídio de negros e negras. Esta foi a décima semana seguida de atos e manifestações em Brasília e nos estados.

A mobilização continua

Desde a Jornada de Lutas convocada para a semana de 13 a 17 de setembro, os militantes da base do Fonasefe realizaram atos no aeroporto e na Câmara dos Deputados, todas as semanas.

E a mobilização vai continuar! A vigília dos trabalhadores(as) continuará no Anexo II da Câmara, onde os militantes realizam atos políticos para pressionar os deputados a rejeitarem a PEC 32 (Reforma Administrativa) e um trabalho de convencimento corpo-a-corpo nos gabinetes dos parlamentares.

Também está programado para esta sexta, 19, um ato no anexo do Senado contra a PEC 23, conhecida como o calote nos precatórios. Vale ressaltar que a PEC 23, junto com a PEC 32, são duas faces da mesma moeda.

Vejas as fotos dos atos AQUI.

A luta contra a PEC 32 continua!

#nenhundireitoamenos

Fonte: Fenasps com informações da Fenajufe

Comments fornecido por CComment