O negacionismo do governo, diante da maior pandemia deste século, em apenas 10 meses provocou uma tragédia terrível no Brasil, com 208 mil mortos e quase 9 milhões de infectados (dados de 15 de janeiro/2021). Todos os dias milhares de brasileiros perdem suas vidas, aumentando o genocídio contra o povo.

Entidades de trabalhadores(as) em todo o país estão em luta pela vacinação em massa da população, para reduzir o total de vítimas fatais, conter o avanço do vírus e mudar o rumo deste país. Pela Constituição Federal de 1988, a Saúde Pública é um direito do cidadão e dever do Estado, e para a garantia desta deve haver uma luta sem tréguas, não somente contra o vírus, mas também contra os vermes governantes que negam sua existência.

É inaceitável o que está acontecendo no Estado do Amazonas: pessoas morrendo por falta de leitos para internação e também oxigênio para entubar pacientes. Uma completa barbárie!

Os trabalhadores do setor Público, das Empresas Estatais e das Centrais Sindicais, estão organizando uma jornada de lutas, começando com a campanha pela vacinação, e farão atividades em todo o país. Haverá intensa pressão sobre os parlamentares para barrarmos a contrarreforma Administrativa (PEC 32/2020) e o desmonte do Estado.

Convocamos todos(as) os(as) servidores(as) para aderir a esta jornada. Será fundamental a participação de todos(as) nesta luta, que vale a sobrevivência dos brasileiros e brasileiras.

Fonte: Fenasps

Comments fornecido por CComment