Foi ajuizada a Ação Ordinária nº 5006011-51.2014.404.7200, na qual o Sindprevs/SC atua como substituto processual dos servidores em atividade do INSS, que tiveram suas progressões funcionais, desde 2007, deferidas com interstício de 18 meses, e não de 12, como o Sindicato entende devido.

Serão beneficiários da ação, caso seja julgada favorável, os servidores que a partir de 2007 ainda tinham progressões a receber, incluindo desde os que estão no início da carreira até os mais antigos, desde que ainda não estejam nas últimas referências dos níveis de escolaridade.

Caso a ação seja vitoriosa, os servidores serão reclassificados, adotando-se o interstício de 12 meses e receberão os atrasados desde 2009, acrescidos de juros e correção monetária. Esta ação aguarda julgamento de mérito.

Devido a existência desta ação coletiva, os servidores prejudicados não precisam ajuizar ações individuais. Caso já tenham sido ajuizadas, elas continuarão até o seu final.

Fonte: Sindprevs/SC