0
0
0
s2smodern

 

 

Com participação de mais de cem participantes, a Fenasps realizou em Brasília no último dia 14 de julho o 1° Seminário de Peculistas da Viva Previdência (ex-GeapPrevidência). O evento teve como objetivo principal fazer uma análise sobre a situação do Plano de Pecúlio Facultativo (PPF), hoje gerido pela Fundação Viva Previdência.

O Seminário contou com a presença do Assessor Jurídico da Fenasps, Luis Fernando Silva, que explicou aos participantes as questões relativas à Previdência Pública e Privada bem como papel do instituidor dentro de um plano de Previdência Complementar Privada como é hoje a Fundação Viva.

A Fenasps, por meio de sua Assessoria Jurídica, elaborou uma série de questionamentos à Direção Executiva da Fundação Viva, em relação aspectos jurídicos e consequências que envolvem a decisão de ser um Instituidor.

 Boa parte dos participantes demonstrou indignação quanto às regras estabelecidas pelo interventor, seja nos quocientes e percentuais de saque, seja nas dificuldades impostas para efetiva gestão dos fundos a partir da representação eleita pelos Peculistas, e também pela completa insegurança de um dia poderem ter acesso aos recursos que são seus a partir da tábua de expectativa de vida atualmente apresentada pela Fundação.

Peculistas devem esperar novas orientações antes de assinarem qualquer documento

Ao final do evento, a Fenasps orientou aos peculistas que não tomem nenhuma decisão individual, não assinem nenhum documento ou opção sem consultar seu sindicato estadual ou a Federação, até que sejam feitas novas orientações ou a convocação de um novo evento de Peculistas.

Confira aqui a íntegra do relatório do seminário.

Fonte: Fenasps