0
0
0
s2smodern

A situação se agrava em todos os setores nacionais. As universidades estão ameaçadas com os cortes anunciados pelo Governo Bolsonaro (PSL) que giram em torno de 30% e colocam em risco o futuro de pesquisas em áreas como a saúde ou o atendimento que essas instituições oferecem à população através dos programas de extensão universitária.

A crise do sistema econômico pressiona os países periféricos e o Governo brasileiro sinaliza com medidas de arrocho, como o reajuste miserável do salário mínimo e a proposta de Reforma da Previdência que, na prática, já está acontecendo por meio do desmonte do INSS.

Esta foi a avaliação da Assembleia Estadual Geral do Sindprevs/SC, que aconteceu na Fecesc em Florianópolis, no dia 10 de maio. Os presentes também avaliaram que é preciso mobilizar a categoria para criar condições de uma ação mais radical como a Greve. Neste sentido, a Assembleia aprovou convocar a categoria para apoiar e participar das atividades da Greve Nacional da Educação, no próximo dia 15 de maio,

Foi aprovada, como forma de dialogar com a população sobre a Reforma da Previdência, uma tenda a ser instalada no centro da cidade.

A Assembleia aprovou o Estado de Greve da categoria, para levar como indicativo à Plenária Nacional da Fenasps que acontece no dia 19 de maio, em Brasília.

Para participar da Plenária Nacional e dos Encontros Setoriais da Fenasps, que acontecem em 18 de maio, foi eleita uma delegação que representará o Sindprevs/SC e levará as propostas aprovadas em santa Catarina para o debate nacional.

Foi aprovado também aderir à Greve Geral de 14 de junho, convocada pelas centrais sindicais. Para isso, os Diretores de Base devem organizar seu local de trabalho, parar as atividades e participar das mobilizações de rua nas suas cidades.

O fechamento da Assembleia contou com o referendo dos novos Diretores de Base eleitos, Dinarte Borges, da APS Centro/Florianópolis e Priscila Borgonovo Cecílio, da Superintendência do INSS/PO.

Sobre a eleição de Representante Estadual de Aposentados e Pensionistas, a assembleia elegeu à servidora aposentada do INSS de São Miguel do Oeste, Rosi Massignani, em substituição à Catarina Cesconeto, que renunciou ao cargo.

Fonte: Sindprevs/SC

Foto: Assessoria de Imprensa do Sindprevs/SC

Comments fornecido por CComment