0
0
0
s2smodern

 

Dirigentes do Sindprevs/SC se reuniram na última segunda-feira (16) com o coordenador estadual da Anvisa, Marcos Antonio G. da Silva. Na oportunidade, os representantes do sindicato apresentaram um informe geral sobre o desmonte do serviço público e seus desdobramentos nos órgão de sua base. Também colocaram as preocupações do Devisa/Fenasps quanto às mudanças na estrutura da Anvisa e que reflexos podem gerar nas condições laborais dos servidores. A situação de Santa Catarina é idêntica a de outros estados, onde o Devisa tem acompanhado esse novo modelo de gestão chamado de reestruturação da área de Portos, Aeroportos e Fronteiras da Anvisa.

O processo de regionalização foi o  primeiro tema abordado. O coordenador estadual explicou que o processo de regionalização ainda está no início e os rumos são incertos. Nesta etapa, se trata de uma passagem da capacidade administrativa para a regional sul, em que Curitiba, no Paraná, foi eleita para ser a sede. Por enquanto, Santa Catarina está repassando apenas os contratos e a responsabilidade pelo patrimônio. Com a regionalização, a ideia é que as coordenações estaduais de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul tenham um papel diferente e adquiram um caráter mais técnico.

Outra situação discutida foi o teletrabalho no quadro de servidores da Anvisa. A política para o exercício da modalidade, definida pela GGPES e Anvisa, está em constante adaptação e transformação. O Devisa/Fenasps e o Sindprevs/SC avaliam que há uma relação desigual entre quem pratica o teletrabalho e aqueles que trabalham dia a dia e ficam sujeitos ao SIREF e a um rigor de controle pelas chefias.

O Sindprevs/SC reforçou que se mantém aberto ao diálogo com a chefia para discutir soluções para os problemas cotidianos e para pensar alternativas diante do quadro de mudanças no órgão. Além disso, os dirigentes enfatizaram a necessidade de manter as liberações de servidores para atividades sindicais. Alertaram que, considerando o momento de incertezas diante das mudanças que vem sendo implantadas na Anvisa, é fundamental manter os locais de trabalho em constante contato com o sindicato.

Os representantes do Sindprevs/SC estarão participando dos seminários específicos da categoria e da Plenária Nacional da Fenasps, em Brasília, nos dias 21 e 22 de setembro, onde deverão aprofundar os temas em discussão.

Comments fornecido por CComment