A campanha procura utilizar o conhecimento e a mobilização popular para exigir um modelo econômico mais justo e inclusivo

Confira o texto apresentado pelo movimento:

Estamos perdendo feio esse jogo.

Todos nós, brasileiros e brasileiras, temos sido submetidos a um jogo só, um único tabuleiro, onde as peças do jogo correspondem às diversas medidas econômicas que implementam o cenário de escassez.

Essas medidas prejudicam as pessoas e toda a economia do país, ao mesmo tempo em que alimentam os privilégios da chamada Dívida Pública, que consome cerca de 40% do dinheiro do orçamento federal todo ano e nunca foi integralmente auditada, apesar das diversas ilegitimidades e ilegalidades históricas, comprovadas até por Comissões do Congresso Nacional.

Até o Tribunal de Contas da União (TCU) já declarou que a dívida pública não tem servido para investimentos no país.

Nesse jogo só um lado dá as cartas: o sistema financeiro!

Todas as peças desse tabuleiro representam projetos que retiram recursos de áreas essenciais, exterminam direitos sociais, acabam com políticas de combate à desigualdade socioeconômica e promovem a devastação ambiental, destinando montanhas de dinheiro público para os grandes bancos privilegiados e suas corporações.

Mas você sabia que podemos mudar esse jogo?

Vamos utilizar o conhecimento e a mobilização popular para exigirmos um modelo econômico mais justo e inclusivo!

É HORA DE VIRAR O JOGO para alavancar o nosso desenvolvimento socioeconômico com respeito ao ambiente e garantia de vida digna para todas as pessoas! Vem com a gente!

#ÉHORAdeVIRARoJOGO

Fonte: Auditoria Cidadã da Dívida

Comments fornecido por CComment